QUEM SOMOS

Missionários do Verbo Divino (SVD – VERBITAS)

Nós, Missionários do Verbo Divino na Amazônia, somos convocados pelo Deus Uno e Trino a testemunhar os valores do Reino no mundo atual, sobretudo entre os indígenas, ribeirinhos, quilombolas, migrantes, encarcerados, crianças e jovens numa contínua luta solidária e libertadora, pelo resgate da cultura, dignidade humana e bem comum e na defesa da integridade da criação, visando vida plena para todos.

Visita_Superior_Geral_01a 

ASSEMBLÉIA DE SETEMBRO DE 2016

CONSELHO REGIONAL – Com o Superior Geral

Visita_Superior_Geral_04b

DSC_5558a

CONSELHO REGIONAL – Com o Visitador Geral

 

DSC_5539

ASSEMBLÉIA DE SETEMBRO DE 2015

 

A nossa comunidade

Somos uma comunidade religiosa e missionária de leigos e clérigos. Provenientes de diversos países e culturas, reunimo-nos em comunidade para levarmos a todos a Boa Nova do amor de Deus. Vivendo em comunidades internacionais e multiculturais, damos testemunho da universalidade da Igreja e da fraternidade.

 

A nossa vocação

Seguimos o Senhor pela via dos conselhos evangélicos e vinculamo-nos à Sua Pessoa e ao Seu serviço pelos votos de castidade consagrada, pobreza evangélica e obediência apostólica.

 

Estamos dispostos a ir onde quer que a Igreja nos envie, mesmo que para isso tenhamos de renunciar ao nosso país, língua e cultura. Esta disponibilidade é a característica essencial da nossa vocação missionária.

A nossa missão

Ao assumirmos qualquer tarefa missionária, damos preferência às situações de maior necessidade. A exemplo de Jesus Cristo, dedicamo-nos sobretudo aos pobres e marginalizados.

 

Trabalhamos, em primeiro lugar e de preferência, onde o Evangelho ainda não foi anunciado ou o foi de forma insuficiente e onde a Igreja local não pode valer-se a si mesma.

Abertos e respeitadores da tradições religiosas e culturais dos povos aos quais somos enviados, procuramos o diálogo com todos e levamos-lhes a Boa Nova do amor de Deus.

As nossas origens


A Congregação dos Missionários do Verbo Divino nasceu no dia 8 de Setembro de 1875, em Steyl, Holanda, fundada pelo padre Arnaldo Janssen.

No século passado, foi-se desenvolvendo na Igreja da Europa uma consciência muito viva da responsabilidade missionária. O padre Arnaldo Janssen – de nacionalidade alemã – foi um exemplo vivo desta sensibilidade nova, procurando, por todos os meios ao seu alcance, despertar os cristãos do seu tempo para esta realidade. Entendia também que era urgente a fundação de um Seminário das Missões para a formação de futuros missionários.

Consultou colegas sacerdotes, bateu à porta de vários bispos e, sentindo que o Espírito o levava por aí, fundou ele próprio esse seminário, no dia 8 de Setembro de 1875, nas margens do rio Mosa, não na Alemanha, por causa da política anticlerical de Bismark, mas do outro lado da fronteira, na pequena aldeia de Steyl, já em território holandês. Foi neste primitivo seminário – uma velha hospedaria abandonada – que nasceram os Missionários do Verbo Divino, hoje espalhados por todo o mundo.

Durante a eucaristia de inauguração, Arnaldo Janssen disse no seu sermão: “Só Deus sabe se deste início resultará alguma coisa… A pequenez deste começo não nos deve desalentar. Também a árvore mais imponente é ao princípio uma pequena semente e o gigante mais forte um débil menino chorão. Estamos conscientes de que com aquilo de que atualmente dispomos não nos será possível cumprir a nossa missão, mas esperamos que o bom Deus nos conceda quanto necessitamos. Que o Senhor faça conosco o que lhe aprouver. Se desta casa resultar algo de bom, agradecê-lo-emos à graça de Deus. Se fracassar, bateremos humildemente no peito e reconheceremos que não fomos dignos da sua graça.”

Onde estamos

Os Missionários do Verbo Divino contam atualmente mais de 6.000 membros  de mais de cinquenta nacionalidades e encontram-se espalhados por todo o mundo.

Aos países onde o próprio fundador enviou os primeiros missionários, rapidamente se seguiram outros, como o Paraguai, Indonésia, Índia, R. D. Congo, Gana, Angola, México, Colômbia, Equador… e a quase totalidade dos países europeus, até um total de 60 países, sendo os mais recentes Botswana, Panamá, Nicarágua, Bolívia, Cuba, Madagáscar, Rússia, Moçambique e Chade.

A SVD EM NÚMEROS

Embora modestamente, a Congregação do Verbo Divino (SVD) continua a crescer em número de membros.

Este crescimento tem sido constante, no ordem dos 25 a 50 novos membros cada ano. O número total de membros cresceu de 5.780 para 6.102 durante os últimos dez anos.
Em 1996, a média de idades dos missionários do Verbo Divino era de 47,8 anos, descendo, em 2005, para 47,5. Isto torna a SVD um pouco mais jovem do que há dez anos atrás.

Com um total de 6.102 membros atualmente, a SVD é a sétima maior congregação masculina na Igreja e a maior entre as congregações masculinas especi