Pular para o conteúdo

Amigos do Verbo na Amazônia ( AVA)

O que é AVA?

AMIGOS DO VERBO NA AMAZÔNIA é um movimento de cristãos leigos e leigas que querem comprometer-se na Missão do Verbo Divino, o Missionário do Pai, através da espiritualidade e carisma missionário propostos pelo Santo Pe. Arnaldo Janssen e vividos pelos Missionários do Verbo Divino e as Missionárias Servas do Espírito Santo.

Como surgiu o AVA?

Com interesse de quatro leigos comprometidos no Distrito Irmã Dorothy no ano 2009; depois com participação dos leigos no Congresso Verbita de 2010 em Santa Isabel e com o apoio e incentivo dos missionários Verbitas que os ajudaram a seguir em frente.

Os objetivos dos Amigos do Verbo na Amazônia

  • Seguir o Verbo Encarnado, guiados pelo Espírito Santo.
  • Criar um profundo espírito missionário através da oração.
  • Testemunho de vida e partilha entre os membros e com os pobres.
  • Promover o diálogo profético com todas as pessoas.
  • Ajudar a despertar as vocações religiosas e o voluntariado missionário.
  • Rezar pelos sacerdotes, religiosos/as e seminaristas do Verbo Divino.
  • Apoiar as atividades da SVD na Amazônia.

Como funciona o AVA?

Primeiramente os membros do AVA elegem um coordenador para coordenar o grupo. Os coordenadores dos grupos formam a coordenação do AVA – Distrito, Regional. O AVA e os grupos de base se financiam através de cotas entre seus membros, doações voluntárias e arrecadação de fundos tais como: quermesses, bingos, rifas, promoções paroquiais.

ATIVIDADES DO AVA

Planejamento anual com as seguintes atividades: Encontros, ensaio de cantos, formação sobre a congregação, celebrações nas comunidades. O grupo também participa no retiro espiritual, nos encontros e nos cursos de formações. Promoção e integração nas atividades missionárias estão sendo praticado no grupo. Colaboração na ação missionária da Igreja através de campanhas de sensibilização e solidariedade missionárias. As visitas missionárias para outra paróquia ou comunidade acontecem frequentes. O AVA celebra as datas especiais da SVD e participa nas festas dos padroeiros das comunidades com responsabilidade da celebração projetando imagem do fundador e da congregação.

As alegrias do grupo

Os momentos de alegrias são diversos. Entre eles a formação com assessoria máxima dos missionários verbitas. O grupo se sente valorizado   e alegre quando trabalham juntos com os verbitas nas dimensões.  Dentro do grupo os missionários e religiosos que atuam na região têm solidariedade e apoio dos membros do AVA, se transforma numa grande família. Quando os trabalhos realizados tem êxito o grupo fica muito contente e satisfeito.

Os desafios no grupo

Apesar das alegrias no grupo, sempre aparecem uns desafios que abala. Os a seguir:

  • Muitas vezes grupo sente que são poucos missionários leigos e leigas para tão vasta missão.
  • A distância geográfica e transporte são grandes problemas para se encontrarem frequentes na missão.
  • Falta de conhecimentos da SVD em algumas paróquias e áreas missionárias em que atuam os missionários verbitas entristece.
  • O problema financeiro que o grupo enfrenta.
  • Como em outros lugares aqui também a falta de vocação.
  • Os amigos do Verbo na Amazônia são sobrecarregados com muitas tarefas das comunidades.
  • A falta de apoio da família a integrantes do AVA.